desconstruir é necessário.

Existem diversas coisas na vida que consideramos insignificantes, um grande erro que cometemos, pois essas coisas criam raízes no coração, mudando assim de um estado de aparente insignificância para extrema importância.

O coração humano é uma fábrica de ídolos. (João Calvino)

Sendo assim, se não cuidarmos, ou melhor, se descuidarmos do coração e deixarmos  que qualquer coisa – desde hábitos ruins a pensamentos autodestrutivos – fazer parte de nosso cotidiano, chegará um momento em que isso se tornará insustentável. Precisamos tomar cuidado pois ao deixarmos que um mero hábito “ruim” faça parte de nós – seja por uma, duas, três vezes – em algum momento ele se tornará nosso “bichinho” de estimação. Passamos olhar para isso e pensar que já não há o que possamos fazer para mudar, afinal: isso já faz parte de mim.

Sabemos que temos o Espírito Santo dentro de nós e que Ele grita quando algo está errado, temos consciência disso, não há como negar. Mas ainda assim, mesmo ouvindo-o nos dizendo que algo está errado, continuamos deixando que essas coisas penetrem e encontrem lugar no coração, por descuido, por acharmos que “não vai dar em nada”, “não tem problema”,, “eu consigo controlar”. Essas coisas, esses pensamentos, são como pequenas sementes que se não aprendermos a tirar do nosso caminho irão criar raízes, e se nos sentirmos inseguros em retira-las do coração, chegará o dia em que Deus virá e irá remover essas coisas do coração, não vai ser fácil, mas será preciso estar pronto para isso. E não adianta tentar ignorar essa realidade, Deus virá, e Ele irá querer mudar as coisas no coração, e isso irá doer. Irá doer muito.  Então, antes que seja necessário esse tipo de disciplina para que o aprendizado ocorra, vamos aprender a podar essas coisas na raiz. Chega de ter medo da poda.

Mesmo que não pareça essa é uma fase muito boa e importante; nos permitirmos ser moldados/mudados por Deus. Não é fácil lidar com desconstruções, mas é necessário, pois aquilo que estava construído em nós é derrubado pelo Espírito Santo, e assim tudo que éramos, tudo que amávamos é desconstruído. Mas não ter medo, precisamos olhar isso com bons olhos, pois a fraqueza, a vulnerabilidade, sempre vem para nos trazer algo novo e bom. A própria maturidade espiritual vem desse tipo de situação, pois a maturidade vem especialmente, principalmente, através da dor. A dor é uma oficina de Deus através da qual Ele ama trabalhar; a dor nos enfraquece, nos deixa sensíveis, vulneráveis, através dela perdemos o “controle” sobre nossa carne e nossos sentimento, e tudo isso passar a ficar sobre total controle de Deus. E é a partir daí que Ele começa a atuar em nossas vidas com toda liberdade, pois quando estamos fracos, Ele é forte.

Mas Ele disse: “minha graça é tudo de que você precisa. Meu poder opera melhor na fraqueza”. Portanto, agora fico feliz de me orgulhar de minhas fraquezas, para que o poder de Deus opere por meu intermédio. Por isso aceito com prazer fraquezas e insultos, privações, perseguições e aflições que sofro por Cristo. Pois quando sou fraco, então é que sou forte. (2 Coríntios 12.9-10 – NVT)

Pois quando sou fraco, é que sou forte. É preciso aprender a repetir essas verdades sobre nossa vida todos os dias. A força não está em nós, mas em Deus, e quando estamos fracos o poder Dele com grandiosidade sobre nós.

Examinem a si mesmos, verifiquem se estão praticando o que afirmam crer, assim poderão ser aprovados. Certamente sabem que Jesus Cristo está entre vocês, do contrário já foram reprovados. (2 Coríntios 13.5 – NVT)

Vamos verificar, afirmar, olhar para dentro de nós sem medo de ser transformado e desconstruído. Por favor, vamos tomar cuidado com o que estamos alimentando o coração.

Transcrição livre do vídeo Lidando com Desconstruções
por Roberta Vicente 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s